Porto Murtinho
Prefeito Derlei entrega obras de reforma da Escola Municipal primeiros Passos

Prefeito Derlei entrega obras de reforma da Escola Municipal primeiros Passos

Porto Murtinho (MS) – Os alunos da Escola Municipal Primeiros Passos – EMEI – vão receber na segunda-feira, 11, as obras de reforma do educandário. Essa instituição foi interditado pelo Corpo de Bombeiros por apresentar vazamento no sistema hidráulico, rachadura nas paredes de sustentação, telhas quebradas sistema elétrica toda comprometida e os moveis comprometido. Nessa escola estudam crianças de 04 a 06 anos que por conta da interdição foram remanejado para a Escola Municipal professora Iza Maria Gaúna.

A reforma foi geral e todo o sistema danificado foi consertado com novas pinturas, moveis reformado e este pronto para receber nesta segunda feira os alunos.

O referido prédio recebeu melhorias em 2013 quando da operação ACISO – Ação Cívico-Social que é o conjunto de atividades desenvolvidas, normalmente em caráter temporário, com a finalidade de auxiliar as comunidades a solucionar os seus problemas mais prementes, desenvolvendo o espírito cívico e comunitário do cidadão. A Marinha do Brasil, por meio do 6º Distrito Naval com a Agencia Fluvial de Murtinho, atuou na execução de ACISO em diversas comunidades carentes em sua área de jurisdição, como foi o caso de Murtinho. Usualmente, durante as ACISO, são oferecidos serviços de saúde, orientações médico-odontologicas e serviços de pedreiros, pinturas, hidráulicos e elétricos para a população ou para prédio que necessita de reforma e assim foi feito em Murtinho em 2013.

A nossa reportagem acompanhou o prefeito neste final de semana junto com o Corpo de Bombeiros que fiscalizou a reforma e liberou o prédio para receber alunos, professores e funcionários.

O prefeito Derlei diz que investir em Educação é oferecer oportunidades aos jovens da nossa cidade, “estamos investindo dentro das nossas possibilidades orçamentária em reforma gradual dos prédios, recebemos esta escola em péssimas condições e agora em pouco mais de oito meses de governo devolvemos ela reformada para os alunos”, diz Delevatti

v