Jardim
Jardim recebe no dia 20 de fevereiro, a carreta da saúde – Hanseníase, do Projeto Roda Hans

Jardim recebe no dia 20 de fevereiro, a carreta da saúde – Hanseníase, do Projeto Roda Hans

Jardim receberá na quarta-feira (20), a carreta do “Projeto Roda Hans”, que oferecerá a população de forma gratuita, até a quinta-feira (21), exames e orientações para detectar e prevenir casos de hanseníase. Na segunda-feira (18), servidores da secretaria de saúde de Jardim e cidades da microrregião (Bonito, Bela Vista, Guia Lopes e Caracol) participaram de uma oficina de capacitação, para atuarem nos atendimentos durante a passagem da carreta por esses municípios.

A capacitação aconteceu no Centro de Convenções Oswaldo Fernandes Monteiro e foi ministrada por Rossilene Cruz, médica especialista em dermatologia e doutora em doenças tropicais e infecciosas.

De acordo com secretária municipal de Saúde Marcelly Trindade Freitas, a mobilização é comandada pelo Ministério da Saúde e desenvolvida no Mato Grosso do Sul pela Secretaria de Estado de Saúde em parceria com as secretarias municipais de saúde. “A ação tem como objetivo de mobilizar a população para ir até a carreta, onde são disponibilizados os procedimentos de prevenção à detecção a hanseníase”, explica.

✔️. A carreta da saúde – Rodo Hans estará em Jardim dias 20  21  , no Posto Central Nestor Pereira. Rua Antônio Pinto Pereira, nº 430 – Vila Angélica

✔️. Os atendimentos serão realizados nos seguintes horários: pela manhã das 08h às 11h e das 13h às 16h. Quem procurar o atendimento na carreta deverá apresentar o RG e o cartão SUS. Para mais informações, procure o agente de saúde do seu bairro.

Doença

Além dos exames, o objetivo da ação é conscientizar a população sobre a importância da prevenção, do diagnóstico e do tratamento da hanseníase. A doença é crônica e infecciosa, que evolui de forma lenta e silenciosa.

Entre os sintomas, há a sensação de formigamento, dormência nas extremidades do corpo, aparecimento de manchas brancas ou vermelhas e diminuição na força muscular.

A transmissão da hanseníase é pelo contato com outras pessoas que já contraíram a doença, mas não realizaram tratamento. A doença não tem cura. O tratamento é gratuito e realizado nas unidades de saúde.