Polícia
Polícia Militar Ambiental de Miranda prende golpista e recupera saveiro alugada que seria vendida na Bolívia  

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Miranda realizavam fiscalização na rodovia BR 262 e abordaram hoje (9) de madrugada um casal em um veículo Fiat Uno que seguia da cidade de Corumbá para Miranda. O casal se contradisse sobre o que faria na cidade, então, os Policiais suspeitaram inicialmente de tráfico de drogas. Durante a averiguação o suspeito recebeu diversas mensagens pelo aplicativo Whatsaap. Perguntado, informou que um conhecido estaria vindo ao seu encontro.

Ao chegar, em um veículo WV Saveiro, o suposto conhecido e o casal tinham argumentos diferentes e aparentavam não se conhecerem. A equipe averiguou as pessoas e os veículos e não havia nada de crime naquele momento e teve que liberá-los. De qualquer forma, em virtude da suspeita, os Policiais continuaram tentando contato com a locadora, localizada em Belo Horizonte (MG), que constava como proprietária do veículo WV saveiro.

Quando conseguiram contato, hoje às 7h00, foram informados de que o contrato de locação fora realizado na sede da empresa para uma mulher e, para estar naquele local, com certeza o veículo estaria sendo levado para a Bolívia, em golpe. O gerente da empresa informou que naquele momento estaria indo à delegacia em Belo Horizonte para registrar queixa.

Os Policiais fizeram diligências em hotéis da cidade e localizaram o veículo e o suspeito. Ele confessou que pegara o carro com a chave em cima do pneu a mando de uma pessoa na cidade de Londrina (PR) e que entregaria para um desconhecido em Corumbá, que levaria o veículo para venda na Bolívia. A saveiro foi apreendida e o infrator recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Miranda. A PMA suspeita, de que o casal seria batedor do veículo e que faria a entrega no País vizinho. Como eles foram qualificados, serão intimados para apuração de participação na fraude.