Brasil
Moro foi ‘imparcial durante toda a marcha processual’, diz PGR em pedido de Lula contra magistrado

Moro foi ‘imparcial durante toda a marcha processual’, diz PGR em pedido de Lula contra magistrado

A Procuradoria Geral da República posicionou-se contra o pedido da defesa do ex-presidente Lula para considerar o juiz Sergio Moro suspeito e afastá-lo do processo do sítio de Atibaia, no interior paulista, em que o petista é réu. Os advogados de Lula argumentam que o magistrado é parcial.

Em parecer apresentado ao ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o subprocurador-geral da República Nívio de Freitas Silva Filho disse que “Moro se manteve imparcial durante toda a marcha processual”.

O subprocurador apresentou o parecer na última segunda-feira, um dia após o embate jurídico em torno de um pedido de liberdade para o ex-presidente, preso desde abril em Curitiba.

Silva Filho diz que há uma “insistência infundada” da defesa de Lula com pedidos para afastar Moro dos processos. O caso ainda deverá ser analisado pelo ministro e não há prazo para que a decisão seja proferida.