Esporte
Melhora do Palmeiras na etapa final deixa Felipão até sem explicação: “Nem eu sei, cara”

Depois de ter ido para o intervalo sem resultado na estratégia de sufocar o Athletico nos minutos iniciais, o Palmeiras voltou melhor na etapa final, atacou mais e conseguiu o gol da vitória por 1 a 0em cobrança de pênalti de Raphael Veiga.

Questionado sobre o que viu de diferente entre um tempo e outro neste sábado, o técnico Luiz Felipe Scolari admitiu não ter uma explicação óbvia.

– Nem eu sei, cara – disse.

– O que falamos lá foi sobre colocação do time deles, sobre onde deveríamos marcar, o que tínhamos que encurtar em determinadas situações. E principalmente abrir o jogo. Abrir o jogo! Porque quando fechamos, e eles jogam numa linha de quatro de bico de área a bico de área, daí se continuar forçando o meio, não entraríamos. Pelos lados é que melhoramos. Quem sabe seja isso. Mas não posso te afirmar categoricamente que foi isso.

Com o resultado, o Palmeiras se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro, com 19 pontos (sem contar a vitória sobre o Botafogo, que será julgada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva a pedido do clube carioca).

– Não sei se (estamos) jogando de uma forma que agrade a algumas pessoas, mas em termos de resultado, sim, é o melhor momento do Palmeiras, e a gente fica feliz por isso – comentou o treinador, não sem um alerta.

– Já estamos com um ou dois pontos a mais do que o a gente havia planejado. Portanto, essa situação é interessante. Mas para quem quer ganhar um campeonato, tem que lutar sempre para conseguir alguns pontos a mais para ter sobra em determinados momentos.