Política
Jungmann pede para Pedro Chaves criar Frente Parlamentar em defesa das fronteiras do Brasil

Jungmann pede para Pedro Chaves criar Frente Parlamentar em defesa das fronteiras do Brasil

A pedido do ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann, o senador Pedro Chaves (PRB-MS) vai criar nos próximos dias, no Senado, uma Frente Parlamentar Mista de Defesa das Fronteiras do Brasil a fim de evitar a continuidade do tráfico de drogas, de armas e do crime organizado. A solicitação do ministro ocorreu logo depois dele ter confirmado presença no encontro a ser realizado em maio, na sede da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Mato Grosso do Sul. “Estive nesta quarta-feira (10) com o ministro Raul Jungmann para convidá-lo a participar do primeiro encontro no país a fim de debater ações concretas de proteção nas nossas fronteiras. Ele aceitou o convite e, aproveitando a ocasião, me pediu para criar no Congresso Nacional uma Frente Parlamentar sobre o assunto”, afirmou o senador.

Conforme Jungmann, a liderança de Pedro Chaves na Frente Parlamentar que será criada no Congresso Nacional é extremamente importante para garantir a paz e o sossego dos brasileiros. “Precisamos do apoio político para defendermos nossas fronteiras e, com isso, garantirmos maior segurança aos nossos estados. O senador Pedro Chaves tem a preocupação de garantir a paz do nosso país e foi por isso que pedi a ele para cuidar conosco da segurança do Brasil”.

Vice-presidente da comissão de Segurança Pública da OAB-MS, Maria Isabela Saldanha destacou a importância do apoio do senador Pedro Chaves na construção de medidas que garantam a defesa das fronteiras, em especial, a de Mato Grosso do Sul. “O senador Pedro Chaves e o ministro Jungmann confirmaram presença no encontro que vai acontecer em maio para discutir assuntos da fronteira que é extremamente importante para o país, afinal, é da fronteira que vem a maioria do tráfico de drogas e de armas. Então, não tem como se discutir segurança pública no Brasil, sem discutir segurança pública fronteiriça”, declarou.

Contente com a disposição do senador e do ministro na proteção às fronteiras do país, a presidente da Comissão de Segurança Pública da Ordem dos Advogados de MS, Claudia Paniago, afirmou que objetivo do encontro é pautar diagnósticos e soluções para a questão da segurança nas faixas de fronteiras, ou seja, discutir contramedidas e combate aos altos índices de criminalidade nessas regiões, em especial o tráfico ilícito de drogas e armas.

Além do ministro Jungmann, deverão presenciar o encontro, autoridades como parlamentares do Estado, o superintendente da Polícia Federal, delegado Luciano Menin, o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Luiz Alexandre Gomes da Silva, o comandante Militar do Oeste, José Luiz Dias Freiras, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, Divoncir Schreiner Maran, membros do Ministério Público Federal e Estadual, bem como prefeitos dos Municípios situados na faixa de fronteira.