Polícia
Jovem empresario brasileiro e morto a tiros durante ataque de pistoleiros na Fronteira

Jovem comerciante brasileiro junto com a esposa e atacado a tiros na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero tenta fugir e acaba morto em Ponta Porã.

O mesmo foi identificado como o comerciante, Rafael Romeiro Ribeiro (28) que na tarde de quinta feira (13) por volta das 18:20hs, transitava em companhia da companheira sentimental identificada como a paraguaia Liz Paola Bobadilha (19) a bordo de um veiculo da marca VW-Fox, cor prata, placa QAP 6284 do município de Ponta Porã, pela rua Dr. Francia onde os pistoleiros a bordo de uma motocicleta abordaram o veiculo e realizaram aproximadamente 15 disparos de pistola do calibre 9mm contra o para-brisa dianteiro do veiculo, a vitima ainda tentou fugir correndo por uns 20 metros e ao alcançar a linha divisória acabou alcançado pelo pistoleiro que ultimou a vítima já ferida, já a companheira sentimental da vítima foi auxiliada até uma clínica particular onde se encontra internada fora de risco de morte.

Investigadores da Divisão de Homicídios da Polícia Nacional do Paraguai e investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) e agentes da Polícia Técnica, coordenado pelo delegado Dr. Alcides Bruno Braum e o promotor da justiça paraguaia, Marcos Amarilla, realizaram os procedimentos de rigor e encaminharam o corpo ao IML da cidade e o veiculo da vitima que ficou em território paraguaio a sede da Direção de Investigações Criminais de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai.

O pai da vitima identificado como o empresário Paulinho Dionizio Ribeiro (55) proprietário do restaurante “Mel e Canela” situada na Avenida Tenente Herrero com las Residentas do bairro General Diaz na cidade de Pedro Juan Caballero, também foi executado na tarde do dia 19 de outubro de 2018 quando se encontrava em frente ao seu comercio e foi surpreendido por pistoleiros que realizaram vários disparos de pistola 9mm contra o mesmo e oito meses após o filho acabou morto também durante um ataque de pistoleiros.

Fonte. poranews.com