Internacional
Homem que estuprou e matou menina é morto ao vivo na TV

Homem que estuprou e matou menina é morto ao vivo na TV

Pena de morte é ainda comum em vários países, mas o que aconteceu no Iêmen é um castigo maior ainda. Aconteceu em um caso de estupro e homicídio, e a Justiça teve mão pesada. Muhammad al-Maghrabi, de 41 anos, foi condenado à pena de morte em um espaço público. Sua morte passou ainda em vários canais da TV do Iêmen, possivelmente como exemplo, para que um crime grave [VIDEO]como esse não se repita.

Entre os países mais civilizados, a pena de morte deixa muitas dúvidas, uma vez que nem sempre o condenado assume seu crime e, por isso, são várias as ocasiões em que não existe certeza total na condenação. Nesses casos, a morte é uma pena que pode sair muito dura, pois existe a chance da pessoa estar inocente.

Infelizmente, nem todos os casos são devidamente julgados e a história nos relembra vários casos de inocentes que morreram, de forma injusta.

No entanto, em países como o Iêmen, existe ainda a pena de morte, como em alguns estados americanos, por exemplo, e até a forma de morte é variável dependendo do crime.

No caso de Muhammad al-Maghrabi, ele foi acusado de ter estuprado e matado uma menina de três anos, que ele mesmo havia roubado da frente de sua casa. Ele era vizinho dos pais da menina [VIDEO], e em um final de tarde, ele raptou a menina, que estava brincando na rua. Mais tarde, o corpo da criança foi encontrado e tudo apontou para Muhammad como culpado. Local do crime, vestígios no corpo da menina e ainda o comportamento desse homem fizeram com que a justiça considerasse que foi mesmo ele quem cometeu esse crime.

Infelizmente, nem todos os casos são devidamente julgados e a história nos relembra vários casos de inocentes que morreram, de forma injusta.

No entanto, em países como o Iêmen, existe ainda a pena de morte, como em alguns estados americanos, por exemplo, e até a forma de morte é variável dependendo do crime.

No caso de Muhammad al-Maghrabi, ele foi acusado de ter estuprado e matado uma menina de três anos, que ele mesmo havia roubado da frente de sua casa. Ele era vizinho dos pais da menina [VIDEO], e em um final de tarde, ele raptou a menina, que estava brincando na rua. Mais tarde, o corpo da criança foi encontrado e tudo apontou para Muhammad como culpado. Local do crime, vestígios no corpo da menina e ainda o comportamento desse homem fizeram com que a justiça considerasse que foi mesmo ele quem cometeu esse crime.