Destaques
Estado investe R$ 18 milhões no contorno rodoviário e quatro pontes em Bela Vista

Investimento em infraestrutura reordena a malha viária de Bela Vista (Foto: Chico Ribeiro )

Bela Vista (MS) – Os maiores investimentos destinados pelo Governo do Estado para o município fronteiriço de Bela Vista contemplam importantes obras de infraestrutura, como a implantação do tão sonhado contorno rodoviário, que vai retirar o tráfego pesado de caminhões do centro da cidade. Ainda no setor viário, estão em construção quatro pontes de concreto, que vão atender principalmente o escoamento da produção do meio rural.

Com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul) – R$ 13,2 milhões -, o Estado executa uma das obras mais emblemáticas para o município: o contorno rodoviário, anunciado e não cumprido por governos anteriores. O novo trajeto a ser pavimentado, de 6,5 quilômetros, vai desviar do perímetro central os caminhos que trafegam pelas rodovias BR-060 (acesso a Jardim), MS-384(Caracol e Antônio João) e MS-472 (Bonfim e ligação com jazida de calcário).

Exigindo uma forte intervenção na parte de drenagem, a implantação do contorno está em ritmo acelerado há quatro meses, com previsão de conclusão em março do próximo ano, conforme cronograma da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos).

A empresa contratada já executou 95% do serviço de terraplenagem e 30% da sub-base. A execução da base, imprimação e da capa asfáltica já chegou a 20%.

Pontes de concreto

As quatro pontes de concreto anunciadas pelo governador Reinaldo Azambuja, dentro do pacote de 90 estruturas em construção em 39 municípios de Mato Grosso do Sul, vão consumir recursos da ordem de R$ 5,1 milhões. “As construções objetivam o desenvolvimento e o progresso da região”, afirmou o governador. “Pontes são alternativas de transporte e produção”, completou, ao autorizar as obras em recente visita a Bela Vista.

As pontes estão sendo implantadas sobre os córregos Vacadiga (MS-472), Apa e Apamim (Estrada Damacuê) e sobre o rio Piripucu (Estrada Caieira). O Estado ainda investiu 2,5 milhões em duas pontes de concreto, já concluídas, sobre o rio Caracol e córrego Damacuê, e reformou quatro pontes de madeira em estradas que se interligam com o eixo rodoviário da região, formado pelas BRs 267 e 060 e ainda as MS-472 e MS-382.

Esgoto e moradia

No setor de saneamento básico, o Governo de Estado retomou a obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário e anunciou prazo de conclusão: maio do próximo ano. O governador Reinaldo Azambuja autorizou a construção de duas estações elevatórias de esgoto, para colocar em funcionamento 37,75 quilômetros de rede coletora de esgoto com 1104 ligações domiciliares. Investimento total: R$ 1.119.412,02.

Os moradores de Bela Vista também estão sendo beneficiados com a ampliação do programa habitacional, que contemplará 102 famílias por meio do programa Lote Urbanizado, onde a Prefeitura é parceira do Estado na doação dos terrenos. O conjunto está em construção no bairro Serradinho, com conclusão prevista para este ano. O Estado investe R$ 1 milhão no projeto e ainda executa a construção de 20 unidades para atender agricultores tradicionais.