Esporte
Carille diz ser realista e respeitar a realidade financeira do Corinthians

O campeão Carille ganhará reforços modestos para o ano que vem (foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

O técnico Fábio Carille não se incomoda com o fato de o Corinthians buscar reforços modestos para a próxima temporada. Após encerrar a campanha que rendeu o sétimo título brasileiro da história do clube com uma derrota por 1 a 0 para o Sport, no domingo, ele mostrou serenidade ao abordar o planejamento para 2018.

“Sou muito realista em relação ao momento do Corinthians. Financeiramente, a gente sabe que o clube não está devendo nada, que está tudo em dia, mas que não tem dinheiro para buscar (jogadores renomados). Vamos tentar montar uma equipe equilibrada, forte, dentro dessa realidade”, comentou.

A diretoria já está agindo para adicionar atletas ao elenco chefiado por Carille. O volante Renê Júnior e o centroavante Júnior Dutra, que defenderam Bahia e Avaí, respectivamente, no Brasileiro, deverão ser anunciados como reforços em breve.

O Corinthians também procura reposições. Por enquanto, o plantel já perdeu o zagueiro Pablo, que não chegou a um acordo financeiro para renovar o seu contrato, e o lateral esquerdo Guilherme Arana, vendido ao Sevilla.

Ao mesmo tempo em que se preocupa com a montagem do novo Corinthians para 2018, no entanto, Fábio Carille celebra os feitos alcançados em 2017. O clube também foi econômico nos reforços para a temporada em que foi campeão estadual e nacional.

“Que ano maravilhoso. Sabia que não seria ruim, mas não imaginava ser campeão paulista, do Estadual mais difícil do País, e depois brasileiro, fazendo aquele primeiro turno fantástico. Só tenho a agradecer e pedir a Deus que me dê sabedoria para a gente fazer um 2018 muito forte”, sorriu o técnico corintiano, aproveitando para convocar a torcida. “Venha junto em 2018 para a gente construir um time forte. Há muito mais coisas pela frente.”

Fonte: Gazeta Esportiva