Diversos
André anuncia campanha sem criticar adversários

        Pré-candidato do MDB diz que vai se limitar a ouvir a população e apresentar propostas

“Nós não vamos criticar ninguém. Vamos mostrar o que fizemos e o que podemos continuar a fazer. Mas vamos aproveitar também as coisas boas dos outros. Aquilo que a população nos indicar como boa pratica”, afirmou em Maracaju o pré-candidato a governador do MDB, ao lançar naquela cidade o programa MS Maior e Melhor e garantiu que não abre mão de apresentar-se como candidato a governador, descartando qualquer alternativa. ”Sou pré-candidato por decisão do meu partido e dos meus companheiros e não vou mudar de posição”, garantiu. E ao comentar os primeiros entendimentos para alianças previu reunir em torno de sua candidatura cerca de 15 partidos, ainda que não tenha adiantado qualquer detalhe a respeito.

A terceira etapa do programa MS Maior e Melhor foi realizada na região Sudoeste, com reuniões nas cidades de Jardim (23) e Maracaju (24), mobilizando prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças partidárias. Representantes de partidos aliados do MDB também acompanharam as reuniões. Os deputados estaduais Junior Mochi, Antonieta Amorim, Marcio Fernandes e Renato Câmara participaram dos encontros, juntamente com o Senador Waldemir Moka e o ministro da Secretaria de Governo Carlos Marun, além do presidente regional do partido Andre Puccinelli.

“Estamos ouvindo o que pensa cada um. Queremos chegar a um Plano de governo que reúna o pensamento da população para fazermos um Governo que não tenha promessas fantasiosas, mas que retrate a verdade, que não engane, mas que aponte caminhos seguros para a retomada do desenvolvimento do Estado”, afirmou o pré-candidato nos encontros do Sudoeste.

André disse ainda que o partido não vai tratar agora das alianças, mas quando chegar o momento vai conversar com todos os partidos que tenham interesse em unir forcas para construir um projeto de Governo voltado para o bem estar das pessoas. “Temos um pré-candidato a governador e um pré-candidato a senador. Restam vagas para o senado, vice, suplência de Senado e as coligações. Vamos conversar, vamos buscar alianças com base em princípios como a democracia, o respeito ao cidadão e, principalmente, compromisso com a verdade”, explicou.