Polícia
11º BPM prende 4 pessoas por Conduzir Veículo com Capacidade Psicomotora Alterada por Influência de Álcool

O condutor, um homem de 18 (dezoito) anos, não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH), bem como, aparentava estar embriagado.

Durante o final de semana, os Policiais Militares do 11º BPM prenderam 4 condutores em flagrante, por Conduzir Veículo Automotor com Capacidade Psicomotora Alterada em Razão da Influência de Álcool. Um deles, não possuía CNH e um outro, ainda realizava Direção Perigosa.

Por volta das 19h00min de sexta-feira (02), a guarnição de serviço da Polícia Militar de Bela Vista realizava Blitz de Trânsito, em frente à Agência do Detran, quando abordou uma motocicleta, de origem estrangeira. O condutor, um homem de 18 (dezoito) anos, não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH), bem como, aparentava estar embriagado. O condutor realizou o Teste de Alcoolemia, que comprovou a Crime de Trânsito. Todas as medidas administrativas foram tomadas e o autor foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, para as providências cabíveis.

Na madrugada de sábado (03), os Policiais Militares de Guia Lopes da Laguna realizavam rondas pela Avenida Santa Teresinha, quando visualizaram um veículo realizando uma conversão, na contramão de direção, em uma rotatória. Imediatamente a guarnição iniciou o acompanhamento tático e abordou o veículo. O condutor, um homem de 22 (vinte e dois) anos, apresentava sinais de embriaguez alcoólica e foi convidado a realizar o Teste de Alcoolemia, que comprovou o Crime de Trânsito.

Já às 16h00min, também de sábado (03), durante Policiamento na cidade de Nioaque, a guarnição PM avistou um veículo VW Gol, de cor vermelha, trafegando em ziguezague. Foi emanada ordem de parada ao condutor, que desobedeceu e quase atropelou a equipe de serviço. Logo, os Policiais lograram êxito ao abordar o veículo. O condutor, um homem de 36 (trinta e seis) anos, apresentava visíveis sinais de embriaguez e relatou que havia ingerido bebida alcoólica, durante uma confraternização. Ele foi convidado e aceitou realizar o Teste de Alcoolemia, porém, ao chegar na base da PRF, em Guia Lopes da Laguna, o autor recusou fazer o Teste, se alterou, debochou dos Policiais e negou apresentar os documentos pessoais.

Diante da recusa, os Policiais Militares elaboraram o Termo de Constatação de Alteração de Capacidade Psicomotora (TCACP) e encaminharam o autor à Delegacia de Polícia Civil de Nioaque. Enquanto os Policiais davam sequência na ocorrência, a esposa do autor, uma mulher de 39 (trinta e nove) anos, retirou o veículo do pátio, sem autorização. Ao conduzir o automóvel, a mulher colidiu em um coqueiro. O Delegado de plantão perguntou à autora se ela também havia ingerido bebida alcoólica e, após a confirmação da mesma, deu voz de prisão à autora.