Política
Governo do Estado entrega caminhão avaliado em R$ 100 mil à comunidade quilombola de Furnas do Dionísio
Governo do Estado entrega caminhão avaliado em R$ 100 mil à comunidade quilombola de Furnas do Dionísio

Governo do Estado entrega caminhão avaliado em R$ 100 mil à comunidade quilombola de Furnas do Dionísio

Campo Grande (MS) – O Governo de Mato Grosso do Sul entregou, no final da tarde de sexta-feira (10), à comunidade remanescente de quilombolas Furnas do Dionísio, no município de Jaraguari, um caminhão com carroceria de madeira. O veículo, avaliado em R$ 100 mil, ajudará nos trabalhos de escoamento dos alimentos cultivados pelas 110 famílias que vivem no local.

Em mãos, a chave do veículo foi entregue à presidente da comunidade Maria Aparecida Martins pelo secretário de Estado de Produção e Agricultura Familiar (Sepaf), Fernando Lamas, o assessor da Casa Civil, Seiko Miahira que na ocasião representou o governador Reinaldo Azambuja e o diretor-executivo da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), José Alexandre Trannin que esteve presente em nome do presidente da Instituição, Enelvo Felini.

“A chegada do veículo representa uma nova fase na vida da todos da comunidade. Espero que o caminhão cumpra o seu papel e traga lucratividade à região”, disse o secretário da Sepaf, Fernando Lamas.

Segundo a representante de Furnas do Dionísio, o caminhão é sinônimo de conquista e economia para os moradores. “A comunidade nunca teve um caminhão próprio. Sem contar que é também motivo de economia. Antes pagávamos R$ 200 a cada frete feito a Campo Grande, considerando que eram de duas a três viagens na semana, tínhamos aí um gasto mensal de quase R$ 2.400”, avaliou.

Abobora, jiló, quiabo, pimentão, vagem, pepino e tomate são alguns dos produtos cultivados nas propriedades. São esses alimentos que chegam às escolas e entidades por meio de convênios firmados através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Atualmente, 200 caixas de alimentos saem, semanalmente, da comunidade, o que representa uma média de 6 mil quilos de produtos revendidos na Capital.

O diretor-executivo da Agraer, José Alexandre Trannin, felicitou os moradores pelos resultados apresentados e os convidou a firmar mais uma parceria de incentivo a produção. “Na Ceasa, a Agraer tem um espaço dedicado à comercialização de produtos da agricultura familiar. Então, aproveito o momento e convido vocês a utilizarem esse espaço. Lá estamos com as portas abertas para atendê-los”.

Outro que também anunciou uma boa notícia a Furnas do Dionísio foi o representante da Casa Civil do Estado, Seiko Miahira. “Queremos avisar que no momento oportuno a Caravana da Saúde estará aqui para atender a população. A atenção do Estado não se restringe ao setor produtivo da comunidade. Vamos entrar em contato com a prefeitura e a Câmara dos Vereadores assim que for chegada a hora”, garantiu.

Convênio – Projeto “Ile Ègbé

A compra do caminhão foi garantida graças a um convênio firmado na ordem de R$ 1 milhão de reais, envolvendo governo do Estado (Sepaf e Agraer), prefeituras municipais, Coordenação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas de Mato Grosso do Sul (Conerq/MS) e associações de Pequenos Produtores Rurais Quilombolas.

O convênio foi feito com a aprovação do projeto “Ile Ègbé”, palavras escolhidas no dialeto uruba, originário da Nigéria, que em português significa Terra da Comunidade. De autoria da Conerq, o projeto foi elaborado com o objetivo de angariar recursos públicos em 20 comunidades quilombolas existentes nos municípios de Campo Grande, Jaraguari Corumbá, Figueirão, Terenos Pedro Gomes, Aquidauana, Camapuã, Nioaque e Maracaju.

De R$ 1 milhão liberado para as comunidades quilombolas, R$ 80 mil foram disponibilizados pelo governo do Estado somente para a compra do caminhão de Furnas do Dionísio. O restante do recurso foi destinados para a aquisição de outros dois caminhões, uma caminhonete, 11 engenhos de cana-de-açúcar e 5 tratores. “No início do ano, foi entregue um veículo igual a esse em Figueirão. Os outros equipamentos também já foram entregues, conforme cada repasse que recebemos do Estado”, explicou o coordenador-geral da Conerq/MS, Antônio Borges.

Participaram da solenidade de entrega do caminhão o secretário executivo do CEDRS (Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável) da Sepaf, Carlos Gonçalves,  o prefeito de Jaraguari, Vagner Gomes Vilela (Vaguinho), o presidente da Câmara de Vereadores do Município, Walfrido da Costa, entre outras autoridades locais.

 Aline Lira – Assessoria de Comunicação Agraer