Evangelho do dia
Evangelho de hoje: Mt 14,22-33

19º DOMINGO DO TEMPO COMUM

Jesus obrigou seus discípulos a entrar na barca e a passar antes dele para a outra margem, enquanto ele despedia a multidão. […] Pela quarta vigília da noite, Jesus veio a eles, caminhando sobre o mar. Quando os discípulos o perceberam caminhando sobre as águas, ficaram com medo: “É um fantasma!” – disseram eles –, soltando gritos de terror. Mas Jesus logo lhes disse: “Tranquilizai-vos, sou eu. Não tenhais medo!”. Pedro tomou a palavra e falou: “Senhor, se és tu, manda-me ir sobre as águas até junto de ti!”. Ele disse-lhe: “Vem!”. Pedro saiu da barca e caminhava sobre as águas ao encontro de Jesus. Mas, redobrando a violência do vento, teve medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!”. No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: “Homem de pouca fé, por que duvidaste?”. Apenas tinham subido para a barca, o vento cessou. Então, aqueles que estavam na barca prostraram-se diante dele e disseram: “Tu és verdadeiramente o Filho de Deus”.

Lectio Divina

Ler: Aqueles que estavam no barco curvaram-se diante de Jesus dizendo: “Verdadeiramente você é o Filho de Deus!”.

Meditar: Deus nos revela sua magnífica presença de diferentes formas, até nas coisas mais comuns. Nós temos apenas que reconhecê-lo e aclamá-lo.

Orar: Quando foi a última vez que tivemos um momento de “oh”? Contemplemos a criação e admiremo-nos novamente.

Agir: Saia e aprecie a beleza da natureza. Tome consciência e aprecie a presença de Deus ali.