Evangelho do dia
Evangelho de hoje: Lc 14,25-33
TEMPO COMUM
Voltando-se, disse-lhes: “Se alguém vem a mim e se não me ama mais que seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos, suas irmãs e até a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. E quem não carrega a sua cruz e me segue, não pode ser meu discípulo. Quem de vós, querendo fazer uma construção, antes não se senta para calcular os gastos que são necessários, a fim de ver se tem com que acabá-la? Para que, depois que tiver lançado os alicerces e não puder acabá-la, todos os que o virem não comecem a zombar dele, dizendo: Este homem principiou a edificar, mas não pode terminar. […] Assim, pois, qualquer um de vós que não renuncia a tudo o que possui não pode ser meu discípulo”.
Comentário
A salvação é oferecida a todos, porém Jesus alerta que, para segui-lo é necessário se despojar de todas as coisas, fazer escolhas. Escolhas acarretarão consequências boas: a vida eterna, mas que junto traz muitas dificuldades, tal como afirma Jesus: “quem não carrega a sua cruz e me segue, não pode ser meu discípulo”. Ou seja, para seguir a Cristo, muitas cruzes deverão ser carregadas. Essa é a verdade de Jesus. Não podemos ser iludidos, pensando que os momentos de alegrias se darão todos em vida: a vida plena em Cristo só se dará na eternidade.