Política
Eleitos pelo PSL, parlamentares esperam maior atenção para a fronteira

Coronel David e Capitão Contar foram os mais votados para a Assembleia – Foto: Arquivo / Correio do Estado

Os homens do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), deputados mais bem votados de Mato Grosso do Sul, Capitão Contar e Coronel David, ambos do PSL, que atuarão na Assembleia Legislativa a partir do próximo ano, esperam o governo federal mais presente no Estado, principalmente com uma atuação maior na região de fronteira.

Renan Barbosa Contar é capitão do Exército Brasileiro há 16 anos, e de desconhecido entre a maioria, surpreendeu quando o resultado da eleição saiu: foi o deputado estadual mais bem votado na eleição deste ano, com 78.390 votos, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS).

Na primeira eleição que disputou, Contar atribui o resultado das urnas à vontade popular. “Há uma necessidade nacional para ter renovação na política e para que os interesses nacionais sejam definidos. Nesse último ano, houve vontade popular, foi falado em intervenção militar e as pessoas clamavam pela volta dos valores militares na política”, declarou.

* Leia a reportagem, de Renata Volpe Haddad, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.