Política
David rebate Soraya e mostra prestação de contas do partido

O deputado estadual, Coronel David, não ficou nenhum pouco contente com a fala da atual presidente da sigla, Soraya Thronicke, de que ela estava arrumando o partido e que as prestações de contas não haviam sigo feitas. De acordo com o Coronel David, todas as contas anteriores foram apresentas porque senão tivessem sido não permitiria a participação dos filiados no pleito de 2018.

A crise instalada no PSL entre  David e Soyara, atingindo também os deputados federais Loester Trusti e o Dr. Luiz Ovando. Conforme divulgado na semana passada, Trutis é o nome de Soraya para o partido em Campo Grande. Ela afirmou que tem chamado todos os integrantes da sigla para reuniões e em consenso definindo os novos cargos.

“Eu não fui consultado sobre nada. Eu não fui chamado para reunião. Sempre estive com o Coronel David por gratidão por ele me trazer para o partido. Não sou inimigo da Soraya e do Trutis, mas não tenho identidade de pensamentos e ações”, afirmou Luiz Ovando.

Quem também não gostou do discurso de Soraya foi o ex-presidente da sigla e suplente da senadora, Rodolfo Nogueira. Por meio de seus advogados, disse que, no dia 31 de dezembro, entregou o partido para a senadora até que sejam feitas as eleições para a executiva.

Conforme comunicado enviado pelos juristas, o ex-presidente alega que “é necessário voltar a esclarecer que, com a reativação do partido regional em 2018 para que a sigla participasse do pleito eleitoral, todas as contas anteriores foram apresentadas, até porque não seria possível a participação no pleito. Infelizmente, concluo que a atual presidente desconhece o andamento administrativo do partido, o que gera declarações inverídicas”, afirmou.

A situação dentro do PSL tem ficado tão crítica que David chegou a dizer, na mesma semana, que, caso o tratamento não melhore, ele pode procurar uma outra agremiação. “Se continuarem me tratando com essa indignidade, tanto eu como o deputado federal Luiz Ovando [PSL], fica difícil. Posso ser candidato a prefeito por outro partido, onde a gente deve ser tratado com a dignidade que a gente merece”, reclamou ele, citando a possibilidade de concorrer à Prefeitura de Campo Grande.

O deputado federal Luiz Ovando saiu em defesa de David e chegou a dizer que a senadora é uma ingrata.
“Houve uma série de desentendimentos entre Soraya e Rodolfo Nogueira. O David ficou ao lado de Rodolfo por uma questão de coerência. Mas o grande idealizador foi o David. Ele foi desrespeitado e passou por uma série de dissabores. A mim, ninguém se dirigiu com arrogância ou desrespeito”, afirmou.
O parlamentar destacou ainda que foi o coronel que viabilizou a candidatura dos demais integrantes do partido na eleição de 2018.

“Ele que idealizou o partido, ele que montou o partido em MS. As pessoas se esqueceram disso depois. Essa é a palavra: esquecimento, amnésia; uma vez esquecido, não tem gratidão. Tem uma ingratidão e desconsideração com ele. A gente, que assiste, vê que teve isso”.

Assim como David, Luiz Ovando destacou que não foi convidado para as discussões do PSL. “Não fui consultado para o Trutis ser do municipal, queria deixar claro que não tenho problema com ele, mas não me perguntaram nada”.

Fonte. Correio do Estado