Política
Com Reinaldo reeleito, Paulo Corrêa entra com vantagem na briga pela presidência da Assembleia

O deputado estadual reeleito Paulo Corrêa, do PSDB, saiu na frente pela disputa à presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Assim que anunciada a reeleição do governador Reinaldo Azambuja, colega de legenda, o parlamentar afirmou ao TopMídiaNews que “vai por seu nome à disposição dos parceiros parlamentares para concorrer à direção do legislativo estadual”.

Inclusive, disse ele, já tem mantido na Assembleia discussão acerca do assunto com alguns apoiadores. “Sim, já falei, alguns amigos já me procuraram”, afirmou Corrêa, dono de seis mandatos no legislativo estadual com esta reeleição.

“Agora, o momento é certo, com rumo definido com a reeleição do governador vamos trabalhar juntos, sentar o Executivo e o Legislativo para a composição de forças”, afirmou Corrêa, na política desde 1991 quando ocupara a chefia de uma secretaria estadual na gestão do então governador Pedro Pedrossian, a de Habitação e Desenvolvimento Urbano.

No domingo à noite, reeleito, Reinaldo Azambuja foi festejar a vitória no comitê do partido, em Campo Grande, e lá estava Paulo Corrêa, que havia sido recepcionado pelo chefe da campanha do governador, Carlos Alberto Assis.

Além de Corrêa, eventuais candidaturas à chefia do legislativo estadual têm sido sondados, como a do deputado estadual Zé Teixeira, do DEM, Londres Machado, do PSD, Onevan de Matos, do PSDB e Rinaldo Modesto, outro tucano.

Deputados eleitos pela primeira vez também estão na fila dos interessados no cargo.

Paulo Corrêa disse que dos 24 deputados estaduais 16 foram eleitos por aliadas ligadas ao governador Reinaldo Azambuja.

“Com a composição de força esse número pode crescer”, afirmou o parlamentar tucano.

Fonte: top midia