Política
Com maior investimento em saneamento da história, Reinaldo descarta privatizar Sanesul

Com maior investimento em saneamento da história, Reinaldo descarta privatizar Sanesul

“Não existe essa história de privatização; nós queremos é fortalecer”, explicou o governador

Durante o Governo Reinaldo, a Sanesul tem desempenhado um papel importante de levar saúde à população por meio de água tratada e coleta e tratamento de esgoto. Por isso mesmo, o governador descarta a possibilidade de privatizar a empresa. Reinaldo Azambuja falou nesta segunda-feira (1º) sobre o assunto em entrevista à rede Jota de rádio.

“Não existe essa história de privatização. Não faz parte do escopo. Pelo contrário, queremos é fortalecer. Temos um orgulho enorme da equipe e do trabalho que eles fazem lá na Sanesul”, afirmou. A Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul opera em 68 dos 79 municípios do Estado.

Com um aporte que chegará a R$ 1 bilhão até o fim do ano, Reinaldo está fazendo por meio da Sanesul o maior investimento em saneamento básico da história de Mato Grosso do Sul. São mais de 700 obras na área entre concluídas, em execução e em licitação.

O Governo Reinaldo levou rede de esgoto para 160 mil casas, por meio de 2,9 milhões de metros de expansão na rede, e concluiu 13 e ampliou seis Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs). Já para a distribuição de água foram feitos mais de 420 mil metros de expansão de rede e 8.322 novas ligações domiciliares.