Previsão do tempo
Chuva deve acabar com forte calor em parte de MS

As altas temperaturas registradas nos últimos dias na Capital e no interior do Estado têm incomodado a população. Porém a previsão de chuva para os próximos dias deve trazer alívio, principalmente àqueles que têm de trabalhar sob o sol quente. Na sexta-feira, sábado e domingo pode cair granizo em pontos isolados do Estado, segundo alerta do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O temporal deve acabar com a “bolha de calor” em algumas regiões do Estado, principalmente, nas regiões sul e centro-oeste de MS. A temperatura nessas regiões também deve cair de uma média de 38º para 33º.

O alerta para chuvas e possível queda de granizo é do Inmet, divulgado nesta quinta-feira (24). Para o bonitense, o tempo deve ficar nublado e parcialmente nublado durante todo o final de semana. Na sexta e no sábado o alerta é para queda de granizo em pontos isolados e no período da tarde.

Em Bonito a chuva esta prevista para a sexta feira com 94% de probabilidade e segue durante todo o final de semana, com volume previsto de 24 mm a 42 mm para os próximos dias, porém, as temperaturas seguem com as mínimas em torno dos 23°C e as máximas ao redor dos 38°C.

Para Mato Grosso do Sul a média de temperatura prevista pelo Inmet para este final de semana é de 38º C. No centro-oeste e sul do Estado podem ocorrer chuvas fortes com queda de granizo.

Em relação a umidade relativa do ar, preocupação constante dos meteorologistas, até domingo nenhum índice ficará abaixo dos 20%, considerado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como estado de alerta.

Segundo o meteorologista Natálio Abrão, somente nas regiões sul e centro-oeste do estado terão alterações no clima. Nas demais, “continua o tempo seco e quente”. No Sul do Estado, as ondas de calor tem atingido especialmente Dourados, desde o dia 15 de setembro.

De acordo com levantamentos da Embrapa Agropecuária Oeste, desde 1979 foram registradas 19 ondas de calor na cidade, com 12 ou mais dias de duração. Em 2002 foi registrada a bolha de calor mais extensa, com duração de 27 dias. Segundo o pesquisador Carlos Ricardo Fietz,

De sexta para sábado as áreas de instabilidade entram pelo Sul do Estado. Na noite de sábado para domingo devem entrar na região central, causando chuvas fortes e até queda de granizo.

O meteorologista diz que a média de temperatura na Capital e no interior deve cair um pouco até domingo, e ficar por volta de 34º e 35º C. Ele faz questão de alertar para a intensidade dos ventos, que devem chegar a 60 quilômetros por hora

Clima Tempo