Destaques
Canal de dança “Hermanos Oficial” agita a Fronteira e estoura na web com dança frenética

Canal de dança “Hermanos Oficial” agita a Fronteira e estoura na web com dança frenética. (Foto. Alexandre Rodrigues)

“Hermanos de Bela Vista para o mundo”

Bela Vista (MS) – Conversamos com os irmãos Paulo Amaral (25) e Everton Amaral (18) na agradável residência da senhora Leila Pinheiro, eles são os criadores do canal de dança “Hermanos Oficial” na rede mundial de computadores – YouTube. Um bate papo super agradável e descontraído, com dois jovens que tem o mesmo sonho, levar alegria e conscientização através da dança.

“Tudo começou numa bela tarde de domingo na Princesa do Apa, a idéia veio, o sonho começou, a brincadeira de dois irmãos se tornou seria, aos poucos o reconhecimento esta chegando, a dança esta sendo usada como ferramenta para levar uma mensagem muito importante – quem dança seus males espanta com esse pensamento o canal já recebeu mais de 30 mil visualizações no You Tube em apenas quatro meses.

Os irmãos criadores do canal Everton Amaral e Paulo Amaral. (Foto. Alexandre Rodrigues)

Vídeo

A diferença é a atenção que eles vêm recebendo dos internautas e surpreendente: a media de visualizações nos vídeos publicados é de oito mil para cima.  Com a musica do MC Nando DK & Jerry Smith – Troféu do ano – os dançarinos fazem sucesso na web, e arranca suspiro dos amantes da dança.

Começo

De acordo com os irmãos, começamos do zero com pouco recurso á quatro meses com uma dança que gravamos e postamos no you tube, meu irmão Everton Amaral e eu, com reações positivas decidimos continuar, foi muito bacana as pessoas nos incentivando.

Criamos o canal; Hermanos Oficial, um canal de dança e musica voltado para todos os públicos. Canal em ascensão está com mais de 30 mil visualizações no you tube e uma media de cinco mil views por vídeo.

Talentos de Bela Vista, via mania na net. (Foto. Alexandre Rodrigues)

Equipe

Hoje além de convidados temos uma equipe fixa que trabalha conosco. Alexandre Rodrigues (fotografo e filmagem), Isadora Ortiz (edição), Liz Vanessa (dançarina), Gabriel Freitas (dançarino) Ingrid Freitas (coreografa e dançarina), Everton Amaral e Paulo Amaral – fundadores do canal.

Sonho da dança foi além dos vídeos, através da Fernanda Mesquita (professora de zumba) recebemos o convite de fazer aula de dança e zumba para aprimorar a técnica. Com passar dos meses o amor pela dança cresceu. Com a mudança para outro estado Fernanda deixou a missão de continuar as aulas com a turma por ela formada, ai a coisa ficou mais seria, com seriedade e responsabilidade estamos dando conta do recado, conta Paulo Amaral.

Dança

Ingrid Freitas (professora de zumba) e Paulo Amaral (professor de ritmos), juntos dão aula de zumba e danças coreografadas. O foco das aulas é misturar dança e ginástica, que elimina centenas de caloria, turbina a saúde, o humor e a disposição.

Dançarino Paulo Amaral e Ingrid Freitas . (Foto. Alexandre Rodrigues)

Transformação

A dança, além de ser a maior parte do meu dia, não modificou apenas o meu corpo na forma de aprender a dançar, mas ela mexe com a cabeça da pessoa, o jeito que passamos a ver as coisas, a forma com que o homem trata uma dama, porque tudo muda. A dança me modificou muito, a pessoa que eu era antes e a pessoa que eu sou hoje. Eu vejo que a cada ano que passa as mudanças só aumentam. Quando uma pessoa busca a aprender a dançar, ela vai melhorar em todos os aspectos da vida dela, comentou Paulo Amaral.

Grande incentivadora a tia Leila Pinheiro não esconde a admiração pelo talento dos sobrinhos, afirmou “O contato com a dança e as manifestações culturais pode se limitar ao entretenimento e lazer ou ir além: servir como instrumento de expressão social e construção da identidade, promoção da inclusão social, resgate de tradições culturais e sensibilização para o aprendizado. Além disso, pode até se transformar em profissão e geração de renda. Eles descobriram no envolvimento com a dança uma forma de ampliar horizontes e transformar a realidade e a vida bem mais alegre”, comentou Leila.

Ingrid e Paulo Amaral, dançarino e professor de dança. (Foto. Alexandre Rodrigues)

De acordo com Everton Amaral “A idéia é realmente fazer um trabalho de mudança e resgate social e principalmente cultural. Com essa filosofia, objetivamos atingir mais e mais pessoas. A dança pode ser a chave para esse resgate, mesmo com as dificuldades que encontramos em atuar no mercado cultural, nossa idéia e levar através da dança um pouco mais de alegria e prazer às pessoas”, comentou o jovem dançarino.

Apresentação

Além disso, fazemos apresentação em aniversários de 15 anos, casamentos, formaturas e festas em geral.

Fazemos um convite a população Bela-vistense fazer aula experimental e conhecer nosso trabalho. Estamos no GRAJ na segunda feira, quarta-feira e quinta-feira, as 19:00 as 20:00 horas. Todos são muito bem vindos.

Veja alguns videos 

 

 

 

Ademir Mendonça – Fronteira news